Sustentabilidade

Tierra Chiloé

O Tierra Chiloé é a mais recente novidade da família Tierra e esta propriedade sustentável incorpora métodos inovadores de construção, que tira o máximo proveito dos recursos naturais para aquecimento de ventilação. Tecnologias eficientes criam um edifício de baixo impacto que lhe convida a admirar as bonitas redondezas – o mar e o vizinho Pantanal de Pullao.

No Tierra Chiloé, conservar a biodiversidade da Península de Rilán envolve proteger continuamente a terra que cerca o hotel, garantindo que é gerenciada sustentavelmente. Aqui mora uma cultura vibrante, refletida através de todos os espaços no interior do hotel. Compartilhamos uma forte conexão com a comunidade local, sendo que muitos moradores trabalham conosco – dos chinelos oferecidos a cada hóspede, tricotados à mão por nossos vizinhos, ao trabalho com fazendeiros locais que complementa a colheita orgânica de nossos pomares e hortas.

Estruturas eficientes

O Tierra Chiloé destaca-se por sua arquitetura que atrai todos os olhares, inspirada nas tradicionais palafitas da ilha. O hotel foi construído com a ajuda da comunidade local, e muitos moradores ainda trabalham conosco até hoje.

O design geométrico e sustentável do edifício otimiza as fontes de energia natural identificadas durante o estudo das condições da terra local. A localização e orientação da estrutura são tais que a luz e o calor do sol podem ser absorvidos por paineis termais. Isto, aliado à tecnologia Low-E, nos permite economizar 66% da energia que seria desperdiçada de outra forma.

Utilizamos ventilação natural cruzada a fim de manter o ar fresco, a eficiente iluminação reduz o uso de combustíveis fósseis e a energia de biomassa renovável aquece o hotel, além de reduzir nossa marca de carbono.

Colheita tradicional

Em 2011, Chiloé foi declarada pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) como um Sistema Importante do Patrimônio Agrícola Mundial (SIPAM), reconhecido por sua identidade e o importante papel que desempenha tanto na conservação de antigas práticas agrícolas quanto de colheitas nativas.

Fazemos o melhor no Tierra Chiloé para manter a biodiversidade em nossos mais de 20 hectares de terra. Em dois destes hectares foram plantados 18 diferentes tipos de produtos, incluindo ervas, frutas e vegetais, sendo que nove deles são nativos da região, como avelã, nalca (planta ornamental comestível tipica do Chile e da Argentina) e quadril de rosa (pseudofruto de arbustos do gênero rosa). No terraço do hotel ficam grandes cestas de vime repletas de bonitas flores locais, frequentemente usadas para decorar pratos servidos no restaurante. Também produzimos as típicas batatas chilotas e alho, bem como temos uma estufa e uma pilha de compostagem orgânica para ajudar tudo a florescer!

Design com história

Nossas designers de interior, Alexandra Edwards e Carolina Delpiano, são pioneiras em seus campos, incorporando artesanato local em seus projetos e prestando homenagem à cultura regional.

Em Chiloé, elas decidiram que cada espaço tem que contar uma história. Considerando a riqueza de talento tanto do país quanto do arquipélago, o objetivo delas foi integrar o artesanato chilota com o design contemporâneo chileno, bem como convidar artistas para trabalhar em peças especialmente encomendadas, incluindo dioramas primorosamente trabalhados que ecoam a mitologia chilota, as típicas igrejas regionais e a Minga, uma tradição da ilha onde casas são movidas através da ilha em barcos ou bois com a ajuda de vizinhos ou amigos.

Você também encontrará nosso mercado dentro do hotel, inspirado nos mercados da ilha e que serve como um armazém aberto aos hóspedes. Existe ainda um mapa pintado à mão pela artista Claudia Peña, que simula as memórias dos diários de viagem pessoais dos visitantes, valorizando itens como folhas de árvores nativas, representações animais e conchas raras.

Protegendo o Pantanal

Perto do hotel fica o Pantanal de Pullao, que possui uma rica variedade de aves marinhas. Entre elas, estão o maçarico-de-bico-curvo, o maçarico-de-bico-virado (uma espécie norte-americana), o flamingo chileno, a tarambola chilena e o cisne-de-pescoço-preto. Comprometemo-nos às melhores práticas com o Centro de Conservação e Estudo do Patrimônio Natural (CECPAN), para promover a gestão sustentável deste pantanal e a preservação da sua biodiversidade. Na maré baixa, os coletores locais de algas marinhas podem ser vistos reunindo seus estoques.

Tierra News