fbpx

Blog

A agasalhadora lã de Chiloé

A lã tem uma parte muito importante na história de Chiloé e na vida dos ilhéus. Não foi apenas uma excelente forma de abrigo para proteção contra o frio e a chuva, mas também o reflexo de sua cultura, tão vinculada à natureza e à vida em comunidade. São, principalmente, as mulheres ilhotas que se […]

Pantuflas de lana, Tierra Chiloé.

A lã tem uma parte muito importante na história de Chiloé e na vida dos ilhéus. Não foi apenas uma excelente forma de abrigo para proteção contra o frio e a chuva, mas também o reflexo de sua cultura, tão vinculada à natureza e à vida em comunidade.

São, principalmente, as mulheres ilhotas que se encarregaram de manter vigente esta tradição, repassando seu conhecimento por gerações durante séculos. Observando suas mães e avós, foram capazes de aprender e de continuar usando as mesmas técnicas antigas, as quais são inspiradas no tecido mapuche. São elas que fiam, tingem, fazem novelos e tecem.

Originalmente, a lã em Chiloé era tirada dos guanacos, mas, com a chegada dos conquistadores espanhóis no século XVI, este animal foi extinto, dando lugar à lã de ovelhas. No princípio os tecidos eram brancos, depois, quando começou a existir um intercâmbio comercial, apareceram as cores e desenhos.

Fotografia de Waldo Oyarzún. Mulher com quelgo. Coleção Fotográfica do Museu Regional de Ancud. museodeancud.gob.cl

Para tingir a lã são utilizados métodos 100% naturais. Até hoje as tecelãs usam folhas, cascas, raízes, ramos, flores e frutos de diferentes plantas para dar cor à lã. Também é utilizado o barro para tons mais escuros.

As ferramentas utilizadas atualmente são as mesmas de antigamente, sendo o tear, claro, o mais importante. Em Chiloé as pessoas dizem “eu teço no qüelgo (kelgwo)”, um grande artefato de madeira, que funciona como tear horizontal.

Os tecidos chilotes são suaves, de grande qualidade e podem durar muitos anos. A maioria das casas chilotas ostentam tapetes, cobertores, mantas, ponchos, coletes, meias e gorros, além de calças, cintos e bolsas. Nas feiras de artesanato se encontram muitas estampas e tamanhos.

Com o objetivo de oferecer uma experiência mais completa possível, o Tierra Chiloé oferece a seus hóspedes a possibilidade de sentir este tradicional artesanato que, como vimos, representa uma parte muito íntima da vida na ilha. Por isso te convidamos a usar alguns destes tecidos e apreciar o calor da cultura chilota, ao mesmo tempo em que contempla as paisagens desse maravilhoso lugar do sul do Chile e desfruta de sua deliciosa gastronomia.

5 1 vote
Article Rating


0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Nossos artigos mais recentes

Banhos de bosque para cura

Banhos de bosque para cura

Aniversário do Parque Nacional Torres del Paine

Aniversário do Parque Nacional Torres del Paine

Dia da Terra

Dia da Terra

Assine nossa newsletter e receba nossas ofertas e promoções a cada mês