fbpx

Blog

Aventuras de uma ema patagônica

Um inesperado evento natural ocorreu recentemente nos pampas no entorno do Tierra Patagonia. Muito perto do hotel, uma família de emas (nhandus) patagônicas enfrentou um momento tenso, quando uma raposa e um condor ameaçaram roubar seus filhotes recém-nascidos. As pessoas que puderam observar o espetáculo ficaram maravilhadas e comovidas com a experiência.
janeiro 26, 2022

Diego Salas

Desde o seu início, o Tierra Patagonia tem se comprometido em demonstrar profundo respeito pela área em que está localizado.  Um exemplo claro disso é que durante sua construção, a fim de evitar qualquer dano ambiental, os paisagistas Catalina Phillips e Gerardo  Ariztía  removeram temporariamente a vegetação ao redor da área, cuidadosamente a transferiram para uma estufa e, uma vez concluído o trabalho, a replantaram em volta do hotel.  Graças aos seus esforços, o ecossistema original foi preservado, e hoje em dia recebemos a visita de muitos animais silvestres do Parque Nacional Torres del Paine e de seus arredores.

Foi assim que um evento inesperado ocorreu recentemente, mantendo todos os que estavam no hotel com a respiração em suspenso: uma ema decidiu fazer um ninho para chocar seus ovos muito perto do hotel.  Durante aproximadamente um mês, esse pássaro gigante que não voa, semelhante a um avestruz, esperou que seus ovos eclodissem, e que seus “charitos”, como os locais chamam os filhotes desta espécie patagônica, nascessem.

Tendo o cuidado de manter sempre uma distância respeitosa sem incomodar a ema, os hóspedes e os funcionários do hotel acompanharam a história de sua nova amiga enquanto ela pacientemente chocava seus ovos.

A Rhea hen and her chicks spotted on a guided tour with Tierra Patagonia.

A ema patagônica

Kineret Múñoz, Subchefe de Excursões do Tierra Patagonia, foi uma das pessoas mais entusiasmadas a testemunhar esse evento e nos contou como tudo aconteceu com muita empolgação.  “Tivemos muita sorte”, diz ela, acrescentando que, embora seja normal ver animais como guanacos, raposas e até pumas perto do hotel, “não é comum que essas aves construam seus ninhos por aqui”.

Os nhandus que habitam a Patagônia medem cerca de 93 centímetros de comprimento e sua cor, de um tom marrom-acinzentado, permite que eles se mimetizem com a paisagem.  Eles se alimentam principalmente de grãos e grama, e, embora não possam voar devido ao seu maior tamanho corporal, são excelentes corredores, atingindo velocidades de até 70 km por hora.

As fêmeas põem entre 20 e 30 ovos, cada um com cerca de 10 cm  de comprimento, e, a partir desse momento, é o macho que se encarrega de manter o ninho, chocando os ovos e protegendo a ninhada de predadores.

“Acompanhamos todo o processo do hotel.  Um dia, por volta das 10 da manhã, os ovos finalmente eclodiram e  as “charitas” nasceram, e o papai ema rapidamente os levou para outro lugar próximo”, relata Kineret.  No entanto, um dos ovos não eclodiu, e um  culpeo, ou raposa andina, que já estava de olho na situação, deu o bote para roubar o ovo.  “Nós rimos ao assistir à cena, porque a raposa mal podia carregar o ovo, que era muito grande para ela.”

Papai ema permaneceu alerta em seu lugar protegendo os filhotes, enquanto as pessoas dentro do hotel continuavam a observar.  A missão do pai é cuidar deles e, portanto, ele não pode se afastar do ninho nem por um instante sequer.  No entanto, parece que ele não resistiu ficar tanto tempo sem comer e foi procurar algo para se alimentar.  Ele não esperava o que aconteceria dentro de apenas alguns minutos…

“Um condor começou a sobrevoar a área em que os bebês nhandus estavam localizados.  Todos nós percebíamos as intenções do predador à medida que ele se continuava a chegar cada vez mais perto.  De repente, vimos a ema vir correndo a toda velocidade e se atirar de cabeça para proteger suas charitas.  Foi muito impressionante”, nos conta uma emocionada Kineret.  “O pobre pai conseguiu protegê-los, mas não pôde comer e teve que ficar ao lado de seus bebês até que eles crescessem o suficiente para deixar o ninho silenciosamente.”

A natureza do extremo sul do Chile pode surpreendê-lo a qualquer momento, especialmente se você observar atentamente o comportamento dos animais que habitam  este lugar maravilhoso.  No Tierra Patagonia, temos uma seleção variada de excursões que permitem que você observe de perto esses eventos naturais, mantendo uma distância respeitosa.  Ao fazer sua reserva, você também pode informar à nossa equipe de  guias especializados quais são seus interesses para que eles possam se preparar para fazer de sua visita uma experiência exatamente igual à que você sonhou.



Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Nossos artigos mais recentes

Guia para a observação respeitosa de aves

Guia para a observação respeitosa de aves Natureza

Descubra toda a beleza da Patagônia nesta nova excursão

Descubra toda a beleza da Patagônia nesta nova excursão Natureza

Complemente sua Experiência Tierra

Complemente sua Experiência Tierra Tierra Hotels

Assine nossa newsletter e receba nossas ofertas e promoções a cada mês